Comer de 3 em 3 horas? O mito quebrado Por Dr. Lair Ribeiro

Muito provavelmente você já cansou de escutar por ai que uma das melhores coisas que você pode fazer para a sua vida tanto em questões de saúde quanto em questões de emagrecimento é comer de 3 em 3 horas.  A explicação que dão para tal afirmação é que você ao comer desa maneira, logicamente alimentos saudáveis, você não sentirá gula e não comerá feito um doido (a) na hora do almoço ou janta ajudando assim no processo de emagrecimento. Mas será que isso é mesmo verdade?

Bom, se você já assistiu ao vídeo acima do Dr. Lair Ribeiro então já sabe que isso não passa de balela. Pelo contrário, como o próprio doutor explicou acima, o recomendado para quem possui intolerância a glicose e a consequente resistência a insulina é fazer o que é conhecido por jejum intermitente, onde a pessoa janta por exemplo, as 18 horas e só volta a almoçar no dia seguinte por volta das 12 horas, ficando assim 18 horas em jejum.

A mesma tese vale para o emagrecimento, afinal qual é o sentido de se comer de 3 em 3 horas quando na verdade você quer emagrecer? Essa história não é um pouco contraditória? E o grande problema dessa tese, é que os alimentos que normalmente são sugeridos para se consumir, são frutas e alguns alimentos industrializados como barras de cereais onde as mesmas são vistas como amigas da perda de peso, mas na verdade não são.

No caso das frutas, logicamente que elas fazem bem a saúde. No entanto, até as mesmas devem ser consumidas com moderação por quem deseja emagrecer e deve-se dar preferência para as com menos teor de frutose e carboidratos, pois uma fruta rica em frutose e carboidratos, como é o caso da banana, se converterá em açúcar no seu organismo fazendo com que seu pico de insulina aumente impedindo que seu corpo queime gordura.

Enfim, a ideia de se comer de 3 em 3 horas não passa de um mito o qual foi muito bem explicado pelo Dr. Lair Ribeiro no vídeo acima. Espero que com esse post você possa mudar sua forma de pensar e passar a questionar muitas coisas do que é dito por aí. E aqui nesse blog, tenha certeza de que será compartilhado o melhor conteúdo do tipo para que você não siga por um caminho equivocado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *